O BAÚ DOS MEUS PAIS E A FESTA DO BALÃO

TEATRO | EM CAPTAÇÃO

texto teatral de Lázaro Ramos e Susan Kalik

Alice, Clara, Tunico e João são quatro crianças com mania de pedir tudo o que vêem pela frente. Até que um dia recebem um "não" dos pais, como resposta. Emburradas, as crianças se reúnem no porão da casa de um deles para reclamar dos pais e encontram um baú, com um grande tesouro: doces, músicas, fantasias e brinquedos dos Anos 80. Animados, eles vestem as roupas dos personagens do desenho animado "Caverna do Dragão", dançam ao som de sucessos do Balão Mágico, Trem da Alegria e Abelhudos.

 

Sem conseguir resistir, as crianças também devoram os dadinhos, chupe-chupe, azedinho doce, moedas de chocolate, dip'nlik, pirocópteros, guarda-chuvinhas de chocolate, bala Soft e todos os doces que encontram no baú e que ficaram ali guardados por décadas. A mistura dos doces "guardados" com as luzes repetidas do brinquedo Gênius leva os meninos a uma viagem no tempo.

 

Os pais não ficam de fora, vestem suas fantasias de super-herói japonês e entram na aventura em busca dos seus filhos e da diversão esquecida. Pais que acabam vivendo a infância dos seus filhos em pleno 2015 e filhos que descobrem como era a infância dos seus pais na década de 80. Esse e o mote que nos faz acompanhar uma história que fala sobre família, infância, auto estima, educação, amor e humor. Tudo isso embalado pelas músicas já clássicas do Balão Mágico, Abelhudos e Trem da Alegria.

© Todas as obras apresentadas estão registradas e protegidas pela lei do direito autoral.